Fevereiro 26, 2024
Slider

Fórum Sindical Internacional sobre a Digitalização Financeira começa nesta quarta (25)

A situação atual da digitalização no setor financeiro, trajetória das fintechs e os desafios do movimento sindical na América Latina, diante da transformação no mercado de trabalho impostas pela automatização do sistema bancário, são alguns dos temas que serão discutidos no Fórum Sindical Internacional sobre a Digitalização Financeira, que começa nesta quarta-feira (25) e vai até sábado (28), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), uma das organizadoras do evento, na capital de São Paulo.

“Esse fórum é realizado em parceria com a UNI Américas finanças, Fundação Friedrich Ebert Stiftung e Sask. E tem um papel fundamental na troca de experiências do movimento sindical de vários países, para entendermos o cenário atual e apontarmos caminhos à nossa atuação, em defesa das trabalhadoras e trabalhadores do sistema financeiro”, explica a secretária de Relações Internacionais da Contraf-CUT, Rita Berlofa.

O fórum contará com representantes dos sindicatos latino-americanos de Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, México, Paraguai, Peru e Brasil. Veja a seguir, a programação:

Fórum Sindical Internacional sobre a Digitalização Financeira

25 de outubro, quarta
Horário de Brasília


9:30 – Abertura
10:20 – Nomeação dos membros da Comissão para o Tratamento Profissional e Cortês
10:30 – “Situação atual da digitalização financeira” pela Comissão Técnica Consultiva da AEBU
11:15 – “A trajetória de desenvolvimento da indústria FINTECH na América Central” por Magda Miranda Alvarado e Luis Solís Ortíz (Observatorio Sindical Costa Rica)

11:35 – Pausa para café

11:50 – “Transformações no mercado financeiro e seu impacto no emprego” pela CONTRAF CUT – Brasil
12:30 – Intervenções gerais

13:00 – Almoço

14:30 – “Bancarização e automatização, o papel do Banco” por Marco Bonnefoy (CSTEBA – Chile)
14:50 – “O desafio dos sindicatos face à digitalização financeira” por Patricia Rinaldi (La Bancaria – Argentina)
15:20 – “A experiência da criptomoeda em El Salvador” por Oswaldo Alarcón
(SITRAFOSVI – El Salvador)


16:30 – Encerramento

26 de outubro, quinta
Horário de Brasília

9:30 – “Impacto laboral da digitalização no sistema financeiro. Apresentações da situação no sistema financeiro” – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, México, Paraguai e Peru

13:00 – Almoço

14:30 – Rede Sindical Internacional do Banco Santander
 “Impacto da digitalização no Banco Santander, presente e futuro”.
 Intervenções: CONTRAF CUT / CSTEBA / AEBU / La Bancaria

15:45 – Pausa para café

16:00 – Continuação das intervenções

17:00 – Encerramento


27 de outubro, sexta
Horário de Brasília

9:30 – Continuação da Rede Sindical Internacional Banco Santander
Apresentação FESMC-UGT Representativa Santander
Apresentação Fes CCOO Representante Fes Santander

11:30 – Pausa para café

12:00 – Conclusões

13:00 – Almoço

14:30 – 2ª Reunião da Comissão Trilateral para a Digitalização Financeira
(Associação dos Bancos – AEBU – CONTRAF CUT)
Todas as delegações são convidadas a participar.

16:30 – Encerramento

28 de outubro, sábado  
Horário de Brasília

9:30 – Abertura
10:00 – “A conversa pública e as redes sociais. Desafios para as organizações sindicais” – Apresentação do mapeamento

11:30 – Pausa para café

11:45 – “Futuros estratégicos para colmatar os fossos digitais, ferramentas potenciais e comunicação colectiva digital” pela FES Sindical

13:00 – Almoço

14:30 – MESA Experiências e desafios.
– “A mensagem do sindicato na comunicação moderna. Estratégias para alcançar os jovens trabalhadores” pela CONTRAF CUT.
– “Ferramentas modernas para contactar com os trabalhadores, APPs e redes sociais” por Catalina Beltran (ACEB).
– “A mensagem sindical comprometida com as lutas sociopolíticas” por Ana Muga (CSTEBA -Chile).
– “Otimizando a comunicação digital, os sindicatos ganham poder” da AEBU.

16:30 – Encerramento

Fonte: Contraf-CUT