Dezembro 04, 2022
Slider

Mais um ataque do Mercantil do Brasil aos funcionários

O Banco Mercantil do Brasil segue buscando lucros cada vez mais exorbitantes, em detrimento da qualidade de vida e valorização dos seus trabalhadores. Esta é a opinião do coordenador da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Mercantil do Brasil, Marco Aurélio Alves.

Sindicatos de todo o país estão mobilizados e aguardando orientações jurídicas especializadas contratadas especialmente para este fim, para que sejam resguardados todos os direitos dos funcionários que contribuem com o plano, com descontos mensais sobre os salários. “Não aceitaremos mais retrocessos do Mercantil do Brasil”, disse Marco Aurélio.

O Mercantil e a Caixa de Assistência Vicente de Araújo (Cava) realizarão uma reunião, na quarta-feira (28), das 14h às 15h, com os participantes assistidos do plano para tratar da retirada do patrocínio do Banco Mercantil do Brasil.

A reunião será realizada pelo aplicativo Microsoft Teams, pelo link que está disponível na página da Cava. Para acessar não é necessário se inscrever, basta clicar no banner “Live sobre Retirada de Patrocínio” e comparecer no dia e horário da reunião.

Para Vanderci Antônio, funcionário do Mercantil do Brasil e diretor do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte, o momento é de intensificar as mobilizações, tanto de funcionários da ativa, como dos aposentados. “Devemos lotar a reunião online e exigir explicações plausíveis sobre o porquê do fim do patrocínio e também sobre a destinação do patrimônio e recursos da Cava. É imprescindível que todos participem da live”, concluiu.

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região, com edições da Contraf-CUT