Dezembro 01, 2022
Slider

Porque o Sindicato recomenda a aprovação dos acordos do BB e Caixa

Por que o Sindicato dos Bancários da Baixada Fluminense recomenda o SIM.

Inúmeras bancárias e bancários da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, procuraram o Sindicato para esclarecer dúvidas sobre o acordo.

A principal dúvida é: o que acontecerá se a proposta for recusada?

O acordo teve vigência até 31/08, quarta-feira e, já a partir de hoje (1/9), não tem mais valor.

E, com o fim da ultratividade na reforma trabalhista, ocorrida no governo Temer, a partir do dia 1 de setembro, todas as cláusulas do Acordo Nacional da CEF e do BB, que excedem a CLT, perderam a eficácia.

Com isso, havendo rejeição do acordo em assembleia, resta o caminho da greve, com a judicialização do acordo.

A Justiça do Trabalho, ao julgar o dissídio, foca apenas no índice geral de reajuste salarial e a manutenção das cláusulas sociais, restritas à CLT.

Todas as cláusulas sociais que fazem parte do acordo do BB e da CEF, estão sob risco de deixar de existir.

Desse modo, não resta outra saída senão a aprovação do acordo que garante a manutenção de todos os direitos, com avanços na PLR, VA e VR.

É bom lembrar que o Comando Nacional dos Bancários, o Comando Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil e da Caixa, vem tentando, há dois meses, fechar este acordo que, por negligência ou má fé dos banqueiros, foi deixado para a última hora.

Por isso, vote com consciência!
Vote com inteligência!

Vote SIM!