Fevereiro 08, 2023
Slider

Bancos alertam para preenchimento correto do cheque neste início do ano

Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), é comum clientes, pela força do hábito, preencherem a data equivocadamente no início de cada ano. Ou seja, em vez de informar o ano de 2012, podem se confundir e colocar 2011.

 

A prática pode causar transtornos durante a compensação dos cheques preenchidos erroneamente.

 

Para minimizar esse problema, em janeiro os bancos irão verificar se cheques com data de 2011 não foram emitidos além do prazo permitido em norma para sua compensação. “Se for comprovado que houve um equívoco do cliente no preenchimento do cheque, o mesmo será compensado normalmente”, informou a Febraban.

 

Mesmo assim, recomenda-se atenção aos consumidores, já que os cheques que não forem descontados em até seis meses após a emissão perdem a validade.

 

NOVAS NORMAS

Também neste ano, no dia 28 de abril, entram em vigor uma série de mudanças para o uso de cheques no país.

 

A partir dessa data, passa a ser obrigatória a apresentação de boletim de ocorrência pelos correntistas que tiverem de sustar cheques em casos de furto e roubo.
As regras para o fornecimento dos talões ficará mais clara. Os bancos serão obrigados a explicar, nos contratos, os critérios de concessão.

 

Além disso, as novas normas permitirão ao emissor de um cheque sem fundos obter com o banco informações sobre o beneficiários da folha, para que possa regularizar a situação.

 

O Banco Central também exigirá, a partir de abril, que as instituições financeiras disponibilizem dados sobre a situação dos cheques ao comércio, serviço semelhante ao prestado por instituições como Serasa e SPC (Serviço de Proteção ao Crédito).

 

Fonte: Folha de São Paulo