Fevereiro 08, 2023
Slider

Greve dos vigilantes já causa desabastecimento de bancos em Maringá

A greve dos vigilantes de empresas de transportes de valores, que completa 5 dias hoje, já causa reflexos nas áreas de autoatendimento de agências bancárias em Maringá. Ontem de manhã, já faltava dinheiro nos caixas eletrônicos do Sicredi, no bairro Maringá Velho. Outros bancos, como Santander, Caixa, Itaú e Bradesco ainda dispunham de dinheiro para saque. No Itaú da Avenida Brasil havia fila de clientes, mas a possibilidade de faltar dinheiro irritava alguns clientes. “Fico revoltado com isso, não dá para entender”, disse um homem que não quis se identificar.

 

Segundo o líder sindical que representa a categoria em Maringá, Reinaldo Gouveia Terrão, há relatos de outros caixas eletrônicos sem dinheiro em várias cidades do Estado. “Em Maringá, o Bradesco da Vila Operária está com um caixa eletrônico com saque indisponível”, afirma.

 

O Sindicato dos Bancários ainda não havia sido informado sobre a falta de dinheiro em caixas até a manhã de ontem. “A tendência é a situação ficar precária na segunda-feira”, diz o secretário financeiro da entidade, Luiz Pereira.

 

Os vigilantes aguardam audiência de conciliação, nesta segunda-feira, às 16h, em Curitiba, com as empresas. A categoria reivindica aumento de 13%. As empresas oferecem reposição da inflação pelo INPC dos últimos 12 meses (5,72%), mais 1,5% de reajuste e R$ 18 de vale alimentação.