Fevereiro 08, 2023
Slider

Greve dos vigilantes continua e fecha agências no Distrito Federal

As agências bancárias no Distrito Federal (DF) devem permanecer fechadas nesta segunda-feira (30), devido à greve dos vigilantes. Conforme a Agência Brasil, a orientação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em cumprimento à legislação, é que as agências fiquem fechadas até o retorno dos funcionários ao trabalho.

 

Segundo o Banco do Brasil, sem vigilantes, a previsão é que todas as agências no DF fiquem fechadas. Na sexta-feira (27), a Caixa Econômica Federal informou que também não abriria as agências. A orientação para os clientes é que usem os serviços de autoatendimento, lotéricas e correspondentes bancários.

 

Nesta segunda-feira, às 15h, ocorre uma reunião entre o Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF) e a representação patronal no Ministério Público do Trabalho para tentar encontrar um acordo. Mais tarde, está prevista uma assembleia da categoria.

 

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes, Paulo Quadros, a categoria conta com 20 mil trabalhadores e desses 80% estão em greve. Eles reivindicam aumento do tíquete-refeição de R$ 13,5 para R$ 25, reajuste salarial de 15% e adicional por risco de vida. “Tomara que os empresários apresentem alguma proposta que atenda à reivindicação da categoria, senão a greve continua”, disse Quadros.

 

Além dos bancos, a greve atinge órgãos públicos, escolas, hospitais e empresas. Segundo Quadros, nos hospitais os vigilantes de áreas como maternidade, setor de psiquiatria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão trabalhando.

 

Fonte: Contraf-CUT com Agência Brasil