Fevereiro 08, 2023
Slider

Política de valorização do salário mínimo é conquista dos trabalhadores

Os trabalhadores brasileiros iniciaram 2012 com um novo valor do salário mínimo: R$ 622. O reajuste, em relação aos R$ 545 fixados em março de 2011, foi de 14,13%, representando um aumento real de 9,02% no período.

 

“A valorização do salário mínimo é uma das principais reivindicações dos trabalhadores. A partir de sucessivas manifestações do Sindicato, CUT e outras centrais sindicais, conseguimos um acordo firmado com o governo federal que estabeleceu uma política para melhorar os ganhos de quem está na base da pirâmide”, afirma o diretor executivo do Sindicato dos Bancários de São Paulo e secretário de Imprensa da CUT-SP, Daniel Reis.

 

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), por volta de 45 milhões de pessoas no país, entre trabalhadores da ativa e aposentados, têm o rendimento referenciado pelo salário mínimo. Além disso, R$ 47 bilhões serão injetados na economia, estimando-se uma arrecadação tributária sobre o consumo na ordem de R$ 22,9 bilhões. “É uma distribuição de renda que é essencial para o crescimento econômico”, acrescenta Daniel.

 

Histórico

A CUT e outras centrais sindicais lançaram em 2004 a campanha para valorização do salário mínimo e atualização da tabela do imposto de renda. Foram realizadas três marchas conjuntas em Brasília com essas reivindicações e, como resultado, em maio de 2005 o salário mínimo passou de R$ 260 para R$ 300.

 

Em abril de 2006 foi elevado para R$ 350, e, em abril de 2007, para R$ 380. Em março de 2008, o valor foi alterado para R$ 415; em fevereiro de 2009 para R$ 465 e para R$ 510 em janeiro de 2010. Nos meses de janeiro e março de 2011 foi elevado para R$ 540 e R$ 545, respectivamente.

 

Segundo análise do Dieese o aumento real acumulado nesse período em relação ao INPC chega a 65,96%.

 

Também como resultado dessas negociações entre as centrais sindicais e o governo, foi acordado, em 2007, uma política permanente de valorização do mínimo até 2023.

 

Reajuste do Salário Mínimo 2003-2012
Período
Salário
Mínimo (R$)
Reajuste
Nominal (%)
INPC (%)
Aumento
Real (%)
Abril 2002
200
Abril 2003
240
20,0
18,54
1,23
Maio 2004
260
8,33
7,06
1,19
Maio 2005
300
15,38
6,61
8,23
Abril 2006
350
16,67
3,21
13,04
Abril 2007
380
8,57
3,30
5,10
Março 2008
415
9,21
4,98
4,03
Fevereiro 2009
465
12,05
5,92
5,79
Janeiro de 2010
510
9,68
3,45
6,02
Janeiro de 2011
540
5,88
6,47
-0,55
Março de 2011
545
0,93
1,49
-0,55
Janeiro de 2012*
622
14,13
4,52
9,20
Total
211
87,38
65,96