Dezembro 01, 2022
Slider

Greve nos Correios ganha adesão das áreas administrativa e de tecnologia

A greve nos Correios entrou nesta sexta-feira (16) no terceiro dia e ganhou a adesão do setor de tecnologia e de parte do administrativo do edifício-sede da empresa, em Brasília.

 

Os funcionários reivindicam 7,16% de reajuste salarial, referentes à inflação. Eles também pedem o reajuste do vale-refeição e do vale-alimentação e aumento real de R$ 400. Além disso, querem que o piso salarial, que hoje é R$ 807, passe para R$ 1.635.

 

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) informa que a greve não será interrompida enquanto as reivindicações da categoria não forem atendidas. A informação é que 34 dos 35 sindicatos de trabalhadores do país aderiram ao movimento.

 

Não há garantia de entrega de encomendas, já que os carteiros também estão paralisados. O Procon informa que as empresas que encaminham cobranças e boletos pelo correio são obrigadas a oferecer outra forma de envio, como por meio da internet e por fax. As empresas devem, ainda, divulgar amplamente as alternativas disponíveis.

 

Os consumidores que sabem a data de vencimento de suas contas devem entrar em contato com a empresa, para pedir outra opção de envio e evitar a cobrança de multas e cancelamentos.

 

Em caso de dúvida, o interessado deve procurar as entidades de defesa do consumidor de sua cidade.

 

Fonte: Agência Brasil