Dezembro 04, 2022
Slider

Presidentes de cinco centrais declaram apoio a Lula ‘para mudar radicalmente situação de destruição do país’

Presidentes de cinco centrais sindicais divulgaram nesta quarta-feira (28) nota em apoio à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB). Além disso, eles defendem a eleição de candidatos comprometidos com os trabalhadores e seus direitos.

“Nossa tarefa é mudar radicalmente essa situação de destruição do país com a fome, miséria, carestia, desemprego, precarização, violência, morte, destruição ambiental, ataques à democracia”, afirmam.

Ao mesmo tempo em que reafirmam apoio a Lula, os dirigentes das centrais voltaram a manifestar confiança no sistema eleitoral. Apontam “a confiabilidade as urnas eletrônicas e a capacidade que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tem para conduzir as eleições com lisura e transparência”.

Patah, Sérgio Nobre, Miguel e Adilson com Alexandre de Moraes: confiança nas urnas e na Justiça Eleitoral (Foto: Antônio Augusto/Secom-TSE)

Ontem (27), dirigentes das centrais se reuniram com o presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, para pedir medidas de segurança e proteção a eleitores e mesários. “Saí satisfeito com as garantias dadas pela instituição de que o dia da eleição transcorrerá dentro da normalidade, não somente pelo que nos afirmou o presidente do tribunal, mas por todas as informações que recebemos e vimos do que está sendo feito para garantir a segurança e a liberdade de expressão dos brasileiros nesta data tão importante para a democracia”, comentou o presidente da CUT, Sérgio Nobre.

Confira a nota na íntegra.

O MOMENTO EXIGE: VENCER NO 1º TURNO

Domingo, dia 2 de outubro de 2022, o povo brasileiro decidirá o futuro do país.
O poder do voto, conquista histórica da sociedade, é a base da democracia. Mais do
 que um direito, trata-se de um compromisso e um exercício de cidadania.
Unidos em defesa das nossas instituições, nós, representando Centrais Sindicais, confirmamos a qualidade e a segurança do processo eleitoral, a confiabilidade das urnas eletrônicas e a capacidade que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tem para conduzir as eleições com lisura e transparência.
Nossa tarefa é mudar radicalmente essa situação de destruição do país com a fome, miséria, carestia, desemprego, precarização, violência, morte, destruição ambiental, ataques à democracia. A lista de mazelas segue longa.
Por isso, é fundamental comparecer às urnas votando nos candidatos que o
movimento sindical lançou e os comprometidos com os interesses da classe
trabalhadora. São companheiras e companheiros de luta, que durante anos estiveram defendendo o mundo do trabalho.
Vote em quem sempre esteve ao lado dos trabalhadores para os cargos de deputado estadual, deputado federal, senador, governador e para presidente da República.
Precisamos de um time que ajude a mudar o Brasil.
Nossa tarefa fundamental é decidir no primeiro turno o rumo que o Brasil irá tomar.
Vamos de Lula / Alckmin para colocar o Brasil no rumo do desenvolvimento econômico com justiça social, geração empregos decentes, valorização salarial e sustentabilidade ambiental.
Vamos vencer com Lula e Alckmin para mudar o Brasil.

São Paulo, 28 de setembro de 2022

  • Sergio Nobre, Presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores)
  • Miguel Torres, Presidente da Força Sindical
  • Ricardo Patah, Presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores)
  • Adilson Araújo, Presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
  • Oswaldo Augusto de Barros, Presidente da NCST (Nova Central Sindical de
  • Trabalhadores)

Fonte: Rede Brasil Atual